segunda-feira, 16 de agosto de 2010

A JUVENTUDE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO FAZ VIGÍLIA A FAVOR DA VIDA E PELA PAZ!

O encerramento da primeira vigília promovida pelo Setor Juventude (SJ) da Arquidiocese do Rio foi marcado por uma procissão que seguiu da Catedral Metropolitana em direção à Igreja da Candelária. Após uma madrugada inteira de orações, escuta da Palavra de Deus e de testemunhos de jovens que experienciaram em suas vidas o amor misericordioso e transformador de Jesus, rapazes e moças quiseram se fazer presentes ao local onde há 17 anos houve uma chacina que exterminou 8 pessoas na Cidade.

O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, e o Padre responsável pelo SJ, Renato Martins, foram à frente da caminhada. Ao chegar à Candelária, os jovens formaram, com o seu prório corpo e com bolas azuis e brancas, as palavras Jornada Mundial da Juventude (JMJ), paz e Rio, simbolizando o desejo de paz que apresentavam em suas orações a Deus e também a vontade de que a Cidade Maravilhosa sedie a JMJ de 2015.

- A paz que nós esperamos, que nós buscamos, essa paz é o próprio Jesus. É o próprio Senhor. É nele que nós a buscamos, para anunciar e trabalhar para que na juventude haja vida e para que não mais haja extermínio de jovens, para que nós não precisemos mais ter, como em vermelho (desenhado no chão em frente à Igreja da Candelária), 8 vítimas, que aqui foram mortas. Mas não só: também tantos outros jovens que morrem em nossa Cidade e pelo mundo afora, não só deste tipo de morte, mas também das mortes pelas drogas, das mortes pelo álcool e, principalmente, pela falta de vida eterna, disse o Arcebispo.

Dom Orani também acrescentou:

- Vocês, que vieram aqui, vieram para testemunhar este compromisso com a vida da juventude. São os jovens que querem a vida e a vida em plenitude com Cristo.

Em seguida, o Arcebispo convocou os presentes a proclamarem: " Vida sim! Juventude cristã: vida sim!", assumindo o compromisso de levar a vida em Cristo a toda esta juventude.

A conclusão da manifestação pública a favor da paz e pela vida foi um abraço simbólico à Candelária para a oração do Pai Nosso, quando o SJ, que reúne todas as espiritualidades ligadas à juventude da Arquidiocese, pôde se integrar, conforme o tema escolhido para a noite de oração: "Que todos sejam um", para que a vida possa cada vez mais ser um direito de todos e para que a paz esteja presente nas fronteiras da Cidade, do mundo e também entre todos os jovens.

* Fotos: Stephania Figueiredo

* Colaboração: Bruno Sanchez

Salve Maria!

fonte: Site da Arquidiocese São Sebastião do Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário