sábado, 14 de agosto de 2010

CONSAGRAR-SE À MARIA É FONTE DE CORAGEM E SERENIDADE, DIZ PAPA BENTO XVI


Cidade do Vaticano, 14 ago (RV) - A Igreja celebrará, neste domingo, a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora: pela manhã, às 8h locais, o Papa presidirá à santa missa na paróquia de Santo Tomás de Villanova, em Castel Gandolfo. Ao meio-dia rezará o Angelus com os fiéis e peregrinos reunidos no pátio interno da residência pontifícia da cidadezinha do Lácio, onde se encontra nestes dias de verão europeu.

Neste sábado, vigília da Assunção, a Igreja celebra a memória de São Maximiliano Kolbe, sacerdote franciscano polonês morto no campo de concentração de Auschwitz colocando a sua vida nos braços de Maria.

Jamais perdeu a esperança, mesmo tendo atravessado o tempo sombrio dos campos de concentração: assim o Pontífice recordou, domingo passado, Pe. Maximiliano Kolbe, sacerdote devoto de Maria, totalmente a Ela consagrado, inclusive na hora da morte:

""Ave Maria!": foi a última invocação feita por São Maximiliano Maria Kolbe, no momento em que estendia o braço àquele que o assassinava com uma injeção de ácido fênico. É comovente constatar que o recorrer humilde e confiante à Virgem Maria é sempre fonte de coragem e de serenidade." (Audiência Geral, 13 de agosto de 2008)

A vida de Maximiliano Kolbe, como a de tantos mártires, parece a vitória do poder do mal:

"Aparentemente a existência deles poderia ser considerada uma derrota, mas justamente em seu martírio resplandece o fulgor do Amor que vence as trevas do egoísmo e do ódio. São atribuídas a São Maximiliano as seguintes palavras que ele teria pronunciado no auge da perseguição nazista: "O ódio não é uma força criativa, somente o amor o é"." (Audiência Geral, 13 de agosto de 2008

Pe. Kolbe deu a sua vida por amor, como nos recorda o Evangelho deste sábado, dedicado ao "mandamento novo" de Jesus: amai-vos uns aos outros, como eu vos amei. Ele é a fonte e o modelo de todo verdadeiro amor, que é amor sem medida. (RL)



Salve Maria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário