quinta-feira, 27 de maio de 2010

12a PARTE DO ESTUDO DA MARIOLOGIA: FUNDAMENTAÇÃO BÍBLICA: OUTROS TEXTOS DO ANTIGO TESTAMENTO


OUTROS TEXTOS DO ANTIGO TESTAMENTO


A ESPOSA DO CÂNTICO DOS CÂNTICOS


O Cântico apresenta o amor entre um jovem e uma jovem, desde o início do namoro até o contrato matrimonial, como tipo ou figura do amor do Senhor Deus pela Filha de Sião. Esta é tida pelos Profetas como Esposa de Javé (Is 54,1-8; 62,4s; Os 1-3). Já no NT a Esposa de Javé é a Igreja (2Cor 11,2; Ef 5,25-29), da qual Maria é a miniatura, protótipo e o estado final que tocará a todos os justos. A Alma de Maria Ssma, cheia de graça, estava (e está) unida ao Senhor Deus mais do que qualquer criatura. Então por analogia, neste livro, Maria seria a esposa em sentido pleno.


A SABEDORIA PERSONIFICADA


Provérbios e Eclesiástico personificam a Sabedoria, e os respectivos autores não a conceberam como simples atributo de Deus, mas como pessoas que assistiu a Deus na obra da criação (Pr 8,22-31 e Eclo 24,3-21).


A liturgia aplica estes textos a Maria Ssma, como se fosse ela a Dama que fala. Pois, Maria Ssma foi a sede ou o tabernáculo da Sabedoria do Pai na qualidade de Mãe do Verbo feito homem, obra-prima da Sabedoria Divina. Deste modo, os predicados podem ser “adaptados” a Maria, com o seguinte reciocínio:


O Predicado P convém ao sujeito S.


Ora o sujeito S1 é a fim ao sujeito S.


Donde se segue que o predicado P convém a S1 na medida da afinidade de S1 com S. Eis como e por que se aplicam os textos de Pr 8 e Eclo 24 a Maria Ssma.



OUTROS TEXTOS


Na Liturgia das festas de Nossa Senhora, rezam-se os “Salmos de Sião” ou Salmos que louvam a cidade de Jerusalém (Sl 43.48.87...). A razão deste uso é que a cidade santa é considerada mãe do povo israelita ou mãe de todos os povos. Aliás, o livro do Apocalipse funde entre si os conceitos de Esposa, Mãe e Cidade.


“Vi descer do céu, de junto de Deus, a Cidade Santa, uma Jerusalém nova, pronta como esposa que se enfeitou para o seu esposo” – Ap 21,2.


“Um dos sete anjos...disse-me: Vem! Vou mostrar-te a Esposa, a mulher do Cordeiro!” – Ap 21,9.


Mãe de Deus e Mãe dos homens tem afinidade com a Jerusalém celeste, esposa e mãe, segundo a linguagem bíblica. Daí aplicarem-se a Maria os louvores que tocam a Jerusalém, segundo a praxe litúrgica católica.


Merecem registro duas mulheres do AT: Judite e Ester.


Judite é viúva, figura desprotegida e fraca do ponto de vista humano, fortalecida pela oração e jejum, realiza a extraordinária façanha; matou o general Holofernes, que se fazia de grande “deus”. Mas, Judite foi hipócrita e mentirosa junto a Holofernes, mas estava no seu papel de espiã adversária; o procedimento de Judite foi lícito, dado que estava em situação de guerra; À Virgem Ssma, na Liturgia, são aplicados os louvores tributados pelo povo a Judite: “Tu és a glória de Jerusalém! Tu és o supremo orgulho de Israel! Tu és a grande honra do nosso povo!... Abençoada sejas tu pelo Senhor na sucessão dos tempos!” (Jd 15,9s).


Ester, figura frágil, israelita na corte do rei Assuero da Pérsia, fortalecida pelo Senhor Deus, sabe encaminhar os acontecimentos de modo a livrar seu povo do grave perigo de extermínio planejado pelo Primeiro Ministro Amã; foi a grande intercessora junto ao rei em prol de sua gente. Maria é a intercessora por excelência em favor dos homens; a história refere vários casos em que a oração de Maria Ssma, solícita pelos fiéis obteve de Deus a salvação; um dos episódios mais famosos (batalha naval de Lepanto, em 1571 pelas forças de Veneza e Espanha contra os turcos maometanos); estes ameaçaram invadir o ocidente cristão; o Papa S. Pio V (1566-72), tendo pedido a intercessão de Maria Ssma. Nessa ocasião, houve por bem instituir a festa do Santo Rosário aos 7 de outubro de cada ano para enfatizar e agradecer a intercessão da Virgem Ssma.


Judite e Ester, lembram que é Deus quem salva os homens como Ele quer, servindo-se dos instrumentos mais precários aos olhos humanos. Maria foi certamente a humilde serva do Senhor, que a Providência Divina quis elevar à categoria de nova Eva, intimamente associada à obra de salvação do gênero humano.



Salve Maria!

fonte: ISCR - Instituto Superior de Ciências Religiosas

Nenhum comentário:

Postar um comentário