segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE MADRI 2011


Madri, 22 fev (SIR) - A organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que se realizará na cidade de Madri em agosto de 2011 espera mais de dois milhões de participantes: um milhão de espanhóis, meio milhão de outros países europeus e até 200 mil jovens procedentes dos países da imigração. Esses são alguns dos dados divulgados na última sexta-feira pelo Arcebispo de Madri e presidente da Conferência Episcopal Espanhola (CEE), Cardeal Antonio María Rouco Varela. Durante uma coletiva de imprensa na presença de cerca 30 jornalistas estrangeiros, o Cardeal Rouco Varela destacou a presença de jovens brasileiros, pois o Brasil é “candidato” a acolher a Jornada Mundial da Juventude após Madri. Espera-se que a capital espanhola receba dois milhões de jovens nos dois momentos “principais”: a Vigília do sábado e a Eucaristia do domingo, no Aeródromo de Quatro Ventos. Dos jovens presentes, um milhão serão espanhóis e até 200 mil de países de imigração, destacou o cardeal. Um dos maiores desafios organizativos, disse o prelado, é o tema dos vistos. Da Europa espera-se a chegada de meio milhão de jovens, 100 mil italianos, outro tanto de franceses e em número similar da Alemanha. Da Polônia, o Cardeal calculou 50 mil. Por sua vez, dos países latino-americanos, o arcebispo explicou que até a data a maior afluência se espera seja do Brasil, pois o país “mostrou desejos” de organizar a Jornada Mundial da Juventude em 2014, destacou o cardeal. A Conferência de Bispos Católicos do Brasil (CNBB) publicou em 2007 um manifesto onde propôs que a JMJ após Madri seja realizado no país, apresentando as cidades de Belo Horizonte e Rio de Janeiro como possíveis sedes do evento. Entre 50 mil e 100 mil jovens norte-americanos são esperados em Madri junto com um grupo muito numeroso do Canadá. Mas o Cardeal Rouco Varela destacou sobretudo o entusiasmo de 5 mil jovens que já se sabe virão da Austrália. O cardeal reiterou diante dos jornalistas o calendário de atividades para a JMJ, “experiência religiosa de grande impacto”, em torno de quatro eventos. O ato de acolhida ao Papa Bento XVI, na quinta-feira, terá lugar na Praça de Cibeles. O Via Crucis pelo passeio do Recoletos e o Passeio da Castelhana, uma procissão com passos representativos da Semana Santa espanhola. E a vigília do sábado e a Eucaristia do domingo, que terão lugar no aeródromo de Quatro Ventos, lugar que acolheu seis anos atrás o encontro do Papa João Paulo II com os jovens espanhóis. Além destas atividades, haverá “momentos de reflexão” – como catequeses com bispos marcadas pelo lema 'Edificados e arraigados em Cristo, firmes na fé' e visitas às igrejas, que manterão suas portas abertas com o Santíssimo exposto – e momentos de diversão. Madri é conhecida por isso, brincou o cardeal com visitas a museus, noites musicais, etc.



Salve Maria!

fonte: site católicos.com.br

Um comentário:

  1. Gislane Cerqueira25 de maio de 2010 15:39

    Estou me preparando tbm! 4 irmãos de paróquia e eu e sei q + jovens tbm irão da minha Cidade, Montes Claros MG.
    Espero Q Deus nos dê essa graça, de acolher o chamado do Papa, ser Luz na Europa,e firmes na fé, colocar toda nossa confiança Nele, fazer a nossa parte e Ele nos ajudará a Evangelizar! Alcançar a firmeza e ter uma fé inabalável!

    "sí, sí, sí, Vamos a Madrid"

    ResponderExcluir