segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

DIOCESE DO RIO LANÇA HOJE A CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2010

Rio de Janeiro, 31 jan (SIR) - A arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro lançou nesse sábado, durante a manhã, a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2010 (CF-2010) no salão da Catedral de São Sebastião localizada no subsolo da igreja. CF-2010, organizada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), será lançada oficialmente em âmbito nacional no dia 17 de fevereiro, quarta-feira de cinzas. Sob o tema "Economia e Vida" e lema "Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro", o vigário episcopal para a Caridade Social da arquidiocese, Padre Manuel de Oliveira Manangão, que está à frente da campanha na arquidiocese, afirmou que é um tema que vai "estar presente" em toda a vida arquidiocesana durante o período da quaresma. Para o vigário episcopal, o tema da CF-2010 pode ser "aparentemente estranho" ao universo da Igreja, mas tem uma "incidência grande" na vida das pessoas porque a economia está "presente no dia-a-dia de todos nós e em tudo que vivemos". Padre Manangão ressaltou também que a ideia no texto-base é a de que é preciso criar uma economia que esteja à serviço do ser humano e não o contrário. "A ideia de que é preciso criar uma economia que esteja a serviço do ser humano e não o contrário, como percebemos em muitos momentos em qualquer que seja o sistema econômico que esteja no mundo que, muitas vezes, prescinde da realidade da pessoa. A pessoa é um mero acaso dentro do contexto da economia", afirmou. "Se você diz que o seu principio é o dinheiro, vai fazer tudo para ganhar dinheiro mesmo que tenha que passar por cima das pessoas. Se você diz que o seu sentido e seu fundamento primeiro é o ser humano, é a vida, então vai trabalhar para ganhar dinheiro porque ele é necessário e ninguém duvida, mas vai preservar a dignidade do ser humano", explicou Padre Manangão. De acordo com o texto-base da CF-2010, o objetivo geral da campanha é "colaborar na promoção de uma economia a serviço da vida, fundamentada no ideal da cultura da paz, a partir do esforço conjunto das Igrejas Cristãs e de pessoas de boa vontade, para que todos contribuam na construção do bem comum, em vista de uma sociedade sem exclusão". Pela terceira vez, a Campanha da Fraternidade terá caráter ecumênico. As outras duas campanhas ecumênicas aconteceram em 2000 e em 2005.



Salve Maria!
fonte: site católicos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário